quinta-feira, 27 de maio de 2010

CONFESSO QUE TENTO ENTENDER O MUNDO GOSPEL, MAS NÃO CONSIGO!

Desculpem publicar mais um post falando sobre vídeos da internet, mas não consegui resistir. É que nesses vídeos eu tenho oportunidade de ver e ouvir o que se passa no mundo gospel. E confesso que às vezes eu dou boas risadas vendo esses vídeos. Mas confesso também que fico preocupado, e, às vezes, revoltado. E há vezes que fico até com medo desse povo. Na maioria das vezes me pergunto: Isto é evangelho?

Hoje eu estava assistindo alguns desses vídeos. Confesso que eu tento entender algumas coisas que eu vi, mas é difícil! Não consigo saber para qual lado o mundo gospel está girando. Não consigo entender quem é companheiro de quem, quem anda com quem, quem crê ainda em certas coisas que dizia que cria, e quem continua não crendo naquilo que dizia que não cria. Um dia aparece um pastor desses de “sucesso” num vídeo dizendo que o G12 é do diabo; noutro dia ele mesmo, o próprio pastor, aparece em vídeos defendendo os camaradas do G12 e promovendo eventos com eles. Num dia eu vejo o pessoal daquela igrejona de Belo Horizonte num vídeo pregando a doutrina da Prosperidade; noutro dia a “pastora” dessa mesma igrejona aparece num outro vídeo condenando a mesma doutrina da Prosperidade que antes defendia. Num dia eu vejo um vídeo dessa “pastora” profetizando o fim da Igreja Católica Romana. Noutro dia a mesma “pastora” aparece em outro vídeo  dando entrevista dizendo que há muito mais crentes entre os católicos do que entre os próprios crentes; vejo também um vídeo em que o irmão dessa "pastora" aparece cantando uma música com uma banda católico-romana e dizendo que a união com os católicos é sinal de unidade.Num dia eu vejo um vídeo de um bispo pregando ao lado do Bispão. Noutro dia vejo um vídeo do mesmo bispo se auto-denominando “Apóstolo” e chamando o Bispão de ladrão. Um dia eu vejo um vídeo em que a turma aparece se derramando em lágrimas cantando “entra na minha casa, entra na minha vida”; noutro dia vejo em outro vídeo o mesmo pessoal falando que a tal música é diabólica.

Eu sinceramente não consigo entender esse mundo gospel. O pessoal fala e desfala, crê e descrê, prega e desprega com tanta facilidade que não dá para assimilar as coisas. Não sou contra mudanças. Creio que é possível mudar de opinião em relação a muitas coisas. Às vezes as mudanças são necessárias quando se percebe que o caminho que se segue não é bom. Mas o que ocorre no mundo gospel é que as mudanças, na maioria das vezes, não promovem melhoras, nem dirigem a turma para um lugar seguro. Pelo contrário, promove ainda mais confusão.

Sinceramente, acho que esse pessoal não sabe para onde está indo. Seria muito melhor se esse pessoal do mundo gospel procurasse orientar-se pela Escritura que é a bússola infalível do cristão. Seria muito mais seguro abrir mão das experiências subjetivas e das vaidades próprias e apegar-se ao que já está revelado na Palavra de Deus. Seria tão mais simples viver o evangelho assim!

É por isso que eu não me arrisco a entrar em certas ondas que aparecem por aí. É por isso que eu não dou crédito a muita coisa que vem desse mundo gospel. Sei lá onde isso vai parar!

Agnaldo Silva Mariano

5 comentários:

Rev. Edvar disse...

Feliz ideia a sua de escrever sobre o gospel. Alias ninguem sabe o que e isso ao certo.
dizem que e evangelico,mas tem de tudo. Precisamos deixar de lado ogospel e seguir mais a Biblia.

Rev Edvar

raquel mariano disse...

Muito difícil esse mundinho msm. As igrejas estão entrando na era do marketing,vale qualquer coisa para aparecer. Mas vc mão está sozinho,eu também costumo entrar na internet para ver certas bizarrices. E como a net é terra de ninguém,podemos ver cada coisa! Infelizmente igrejas tradicionais estão se deixando contaminar por influências erradas,inclusive os presbiterianos. Não podemos fechar os olhos também para as coisas erradas que acontecem entre nós. Será que ainda há esperança? Sinceramente já não sei mais!

Steffi de Castro disse...

Olá, gostei muito do seu blog, estou seguindo-o!
-
Concordo com você sobre o mundinho gospel, não participo de nenhuma igreja justamente por não entender e não concordar com muitas coisas, muita hipocrisia e muita falatória...
Assim como você, acredito que o que tinha pra dito, já foi dito, e está na bíblia, por isso prefiro muitas vezes ficar em casa, lê-la, entendê-la, orar sozinha, louvar sozinha, e depois colocar no meu blog o que aprendo, além de aproveitar as oportunidades para falar para os meus amigos, homossexuais, descrentes, pessoas que eu amo mesmo assim, e não acho que é pouco.
-
Quando puder passe no meu blog e comente, por favor : )
www.laescrituraria.blogspot.com

AGNALDO SILVA MARIANO disse...

Steffi, seja bem-vinda.
A proposta do blog CREIO E CONFESSO é opinar e refletir sobre o que ocorre na sociedade do nosso tempo, inclusive na Igreja. Minha proposta é pensar e fazer pensar. Não defendo uma ruptura com a Igreja, e sim, um retorno à visão bíblica de Igreja. Sou contra muitas coisas que têm sido praticadas hoje na igreja evangélica, e quando posso, critico essas coisas e dou minha opinião. Mas sou contra um cristianismo individualizado e sem Igreja. O fato de haver hipocrisia e coisas erradas na estrutura que chamamos igreja atualmente não exclui que, mesmo nessa estrutura cheia de equívocos haja traços da verdadeira Igreja de Cristo. Creio e Confesso como os reformadores:"Esta Igreja tem sido ora mais, ora menos visível. As igrejas particulares são mais ou menos puras conforme nelas é, co mais ou menos pureza, ensinado e abraçado o Evangelho, administradas as ordenanças e celebrado o culto público. As igrejas mais puras debaixo do céu estão sujeitas à mistura e ao erro; algumas têm-se degenerado ao ponto de não mais serem igrejas de Cristo, mas sinagogas de Satanás; não obstante, haverá sempre sobre a terra uma igreja para adorar a Deus segundo a vontade dele mesmo" (A Confissão de Fé de Westminster, XXV; IV, V). Aconselho você a, humildemente, procurar uma dessas igrejas e praticar o seu Cristianismo. Obrigado pela visita e volte sempre; logo visitarei o seu blog.

Anônimo disse...

Concordo com vc e com aquele que escreveu que devemos deixar de lado as igrejas e ler mais a Bíblia, mas vou acrescentar mais alguns ingrediente. A Rede Record que de propriedade de um suposto evangélio, passa o dia mostrando desgraça, tb faz propaganda de cerveja, suas novelas são tão nojentas quanto e ainda tem um vídeo na net onde seu líder aparece orientando seus pastores como arrecadar dinheiro do povo dizendo que sempre terá um trouxa para doar. E ainda tem gente que lota estes templos.